Cacau IPA

Guia Runge - Cacau IPA
Bodebrown e Stone Cacau IPA.

Se você gosta de cerveja artesanal, não tem como não ser fã da Cervejaria e Escola Bodebrown - Viva La Revolucion. Os caras tem produzido alguns dos melhores rótulos vistos aqui em terra brasilis. E se você é um aficionado pela escola americana, com certeza já ouvi falar da Stone Brewing Co.. Agora imagine o que acontece quando esses dois gigantes resolvem unir forças para produzir uma cerveja colaborativa. Para mim, a sensação foi a mesma de quando eu chegava na banca de revista e via um crossover do Batman e Superman ou do Wolverine e Hulk.

Análise Visual

No rótulo, a Bode já te avisa: essa não foi uma cerveja feita para agradar muitas pessoas, mas apenas os amantes de cervejas com sabores e aromas fortes. E põe fortes nisso! No copo, ela tem aquele jeitão clássico de American IPA: coloração alaranjada e espuma persistente.

Análise Olfativa

Com adição de cacau de ilhéus na fervura e maturação, seu aroma bota o Cacau em IPA. Uma mistura estranha, inusitada e, eu diria, metafórica. O cacau brasileiro e o lúpulo americano. A própria representação da união das duas cervejarias aparece no aroma: o cacau e o cítrico se fazem presentes, avassaladores! Não é um aroma de chocolate ao leite, mas de cacau de verdade.

Análise Gustativa

Ao beber, essa mistura se apresenta genial: a primeira coisa que toma sua boca é o sabor de cacau, lembrando levemente uma barra de chocolate amargo. Em seguida, você é tomado por uma avalanche de lúpulos cítricos americanos, com seu amargor insano.

Análise Final

Os americanos adoram a expressão "pensar fora da caixa" e foi exatamente o que essa dupla improvável criou: uma cerveja improvavelmente deliciosa!

Avaliação:

Cervejaria: Bodebrown
Estilo: IPA
Preço:  R$ 20
Visual (1 a 5):  4
Aroma (1 a 10): 10
Sabor (1 a 20):  18
Sensação (1 a 5): 4
Conjunto (1 a 10): 9
Nota Final (0,5 a 5): 4,5
Teor Alcoólico:  6,1% ABV
Temperatura ideal para consumo: 5º a 7ºC
Harmonização: a harmonização com o B.B. King (blend de chorizo com bacon, gouda e molho gorgonzola) ficou perfeita. O amargor atravessou o gorgonzola e a gordura como esperado. O cacau, na cerveja, ficou mais evidente e se uniu de forma bela e interessante com a carne. E quem disse que o estranho é ruim?

Análise realizada por Victor Carvalho - "Jurista por imposição, cozinheiro por teimosia e apreciador de boas cervejas por pura paixão."

Guia Runge - Cacau IPA

Posts Recentes

Últimos Comentários

Guia Runge no Facebook

  © GUIA RUNGE - Todos os Direitos Reservados